Medicina fetal: saiba quais são os exames para avaliar a saúde do bebê

O diagnóstico pré-natal moderno é um esforço colaborativo, muitas vezes envolvendo especialistas de diversas áreas da medicina no que diz respeito a cuidados maternos, fetais, genéticos e cirúrgicos. Nesse sentido, vários exames de medicina fetal podem ser recomendados para ajudar a cuidar da mãe e do bebê durante a gravidez. Veja no artigo!

Medicina Fetal – Exames

Ultrassom tridimensional (3D)

Um dos primeiros passos na avaliação da gravidez é um exame completo de ultrassom por um especialista em medicina fetal. Esse exame usa ondas sonoras para criar uma imagem em uma tela, mostrando as condições da gestação. 

Esse teste é muito importante para saber o número de fetos, tamanho fetal, peso e idade gestacional, localização da placenta, aparência do colo do útero, quantidade de líquido amniótico e verificar quaisquer anormalidades do útero ou dos ovários.

No exame ainda vão ser verificados os órgãos, as condições físicas e o gênero do bebê. 

Dependendo da complexidade, o exame pode levar até uma hora para ser realizado e os pais podem assistir a tudo em uma tela.

Se houver suspeita de um problema, o médico vai explicar as descobertas e fazer recomendações específicas, podendo até mesmo solicitar outros exames. 

Também pode ser necessário consultar algum especialista, em cardiologia, genética, neonatologia ou cirurgia fetal, por exemplo. 

Amniocentese

Dentro do útero, o líquido amniótico envolve e protege o bebê. Entre as suas principais funções estão: 

  • barreira contra infecções, 
  • proteção contra os traumatismos sofridos pela mãe, 
  • controle da temperatura corporal, 
  • permitir que o feto se mova livremente.

Além de todas as importantes funções citadas acima, ao analisar uma pequena amostra de líquido amniótico, é possível esclarecer muitas coisas sobre a saúde do bebê. 

Por exemplo, estudos com líquido amniótico podem detectar condições como síndrome de Down, trissomia do cromossomo 18, trissomia do cromossomo 13 e outras anormalidades genéticas.  

O líquido amniótico é removido do útero para análise através de um procedimento conhecido como amniocentese, durante o qual:

  1. O médico usa ultrassom para identificar uma bolsa apropriada de líquido dentro do útero;
  2. Insere uma agulha muito fina e remove cerca de 20 mililitros (quatro colheres de chá) de líquido amniótico com uma seringa.

Fonte: Communiplace

O procedimento geralmente dura cerca de 30 segundos e o médico usa ultrassom durante todo o procedimento para garantir a segurança. 

Na maioria dos casos, é possível retomar as atividades normais no dia seguinte. Os 20 mililitros de líquido amniótico que são removidos são responsáveis ​​por não mais do que 2% a 4% do líquido total no útero e o bebê vai reabastecê-lo dentro de um dia. 

Amostragem vilo-coriônica

A amostragem de vilosidades coriônicas é um teste pré-natal, realizado por volta da 11ª semana de gestação, que envolve a coleta de uma pequena amostra de tecido da placenta para testar anormalidades cromossômicas, problemas genéticos e doenças hereditárias. 

O exame, ao contrário da amniocentese, não fornece informações sobre defeitos do tubo neural, como a espinha bífida. Por esta razão, as gestantes também precisam de um teste de sangue chamado alfa-fetoproteína (AFP), entre a 16ª e 18ª semana, para detectar defeitos do tubo neural. 

Também é importante que, por volta da 18ª semana, elas realizem um ultrassom detalhado para examinar particularmente a espinha do feto.

Durante o procedimento de amostragem vilo-coriônica um cateter é inserido através do colo do útero até a placenta, para obter a amostra de tecido.

Fonte: https://www.reproduccionasistida.org

A remoção desse material não afeta a capacidade do feto de obter o suprimento de sangue de que necessita da placenta. 

Entretanto, o procedimento provoca aborto em 1% dos casos e, por isso, o diagnóstico é empregado apenas nos casos em que o risco do feto ser afetado por doenças genéticas é muito grande. 

Ecocardiograma Fetal

Um ecocardiograma fetal é uma avaliação detalhada do coração do bebê, solicitada, geralmente, quando são detectadas anormalidades cardíacas no feto durante as ultrassonografias de rotina.

É fundamental que mulheres com risco aumentado de dar à luz a bebês com doença cardíaca congênita realizem esse exame.  

Além disso, quando um defeito cardíaco é detectado, é mais provável que haja outras malformações na criança. Por isso, também é recomendável a realização de um ultrassom detalhado do resto do feto e, talvez, uma amniocentese para testar os cromossomos.

O ecocardiograma não apresenta riscos conhecidos para a mãe ou para o feto.

Ressonância Magnética Fetal

Em alguns casos, estudos adicionais de imagem são necessários para ajudar a esclarecer algum problema encontrado na ultrassonografia. 

Até onde se sabe, a ressonância magnética não é considerada perigosa para o feto. No entanto, ela só será recomendada se o médico acreditar que é realmente necessária para obter informações adicionais que ajudarão a cuidar da mãe e do bebê.

Aconselhamento genético

O aconselhamento genético fornece informações e apoio às famílias que têm membros com defeitos congênitos ou doenças genéticas e às famílias que podem estar em risco de uma variedade de condições hereditárias. 

Eles  investigam o problema, interpretam informações sobre o transtorno, analisam os padrões de herança, os riscos de recorrência e analisam as opções disponíveis juntamente às famílias.

Por exemplo, um motivo comum para procurar esse especialista é a idade materna avançada, definida como sendo 35 anos de idade ou mais, quando o risco de problemas genéticos é maior. 

Ultrassom especializado

Um exame de ultrassom especializado é semelhante a um exame de ultrassom padrão, mas com um nível mais alto de detalhes e atenção à anatomia do bebê. 

Esse teste permite que o médico examine o feto da cabeça aos pés, verificando se há alguma irregularidade na estrutura e na anatomia, avaliando o crescimento e o ambiente do bebê, incluindo a placenta, o cordão umbilical e o líquido amniótico. 

Há muitas razões para que um ultrassom especializado possa ser recomendado, incluindo um achado questionável em um exame de ultrassom padrão, história familiar de um problema que pode ser detectado por ultrassonografia, idade materna, condições médicas como diabetes ou resultado de um exame de rotina. 

Esse exames são realizados por um perinatologista com experiência e expertise em ultrassonografia, bem como treinamento e certificação em medicina materna e fetal, incluindo diagnóstico e gerenciamento de problemas que podem ser encontrados. 

Ter um ultrassom especializado não significa necessariamente que haja algo errado. É um meio de obter mais informações e ter a certeza de que tudo está bem, ou se não, que o atendimento adequado esteja disponível para garantir o melhor resultado.

O que se vê em um ultrassom especializado?

Um ultrassom especializado começa com uma visão geral do feto, incluindo posição, localização placentária e medidas da cabeça, abdome e extremidades. Essas medidas são úteis no estabelecimento da idade gestacional e na avaliação do crescimento e desenvolvimento. 

Em seguida, o exame detalhado da anatomia fetal inclui múltiplas visões dos órgãos e estruturas, freqüentemente utilizando tecnologia de imagem tridimensional (3D) ou quadridimensional (4D), dopplervelocimetria, doppler colorido e angiografia de potência de cor. 

A função é avaliada assim como a estrutura. Um ultrassom especializado inclui avaliação de vários órgãos e tecidos, incluindo: 

  • sistema esquelético fetal, 
  • sistema circulatório, 
  • coluna vertebral, 
  • cérebro, 
  • face, 
  • coração, 
  • pulmões, 
  • diafragma, 
  • fígado, 
  • estômago, 
  • glândulas supra-renais, 
  • rins, 
  • intestinos, 
  • bexiga, 
  • gênero, 
  • extremidades, 
  • cordão umbilical, 
  • placenta e líquido amniótico bem como o útero e órgãos adjacentes.

O teste  pode levar de 30 a 60 minutos. 

O acompanhamento médico adequado é fundamental para uma gravidez segura e tranquila. Procure realizar o seu pré-natal devidamente, realizando todos os exames que forem solicitados para garantir a sua saúde e do seu bebê. 

Faça todos os exames de medicina fetal e do seu pré e pós-natal com a Eigier. Acesse o site Eigier Diagnósticos e pré-agende seu exame online com conforto e segurança.

O grupo está há mais de 37 anos no mercado e é responsável pelo controle de empresas especializadas que atuam em medicina diagnóstica por imagem.

Confira alguns dos exames disponíveis em nossa unidade:

  • Medicina Fetal
  • Ressonância Magnética
  • Doppler
  • Mamografia Digital
  • Densitometria Óssea
  • Raio X Digital
  • Ultrassonografia, entre outros.

Agende hoje mesmo seu horário e tenha o melhor atendimento e cuidado com a sua saúde.

Comentários: